fbpx

ALERTA INFORMA: veja o resumo com as principais notícias que foram destaque na semana no meio tributário e varejista que a Alerta Fiscal preparou para você. Os principais assuntos dessa semana são:

Governo fecha proposta de reforma tributária. O Ministério da Economia fechou um novo pacote de medidas para reformular o sistema tributário, que deve ser enviado ao Congresso em quatro fases. Na primeira, prevista para já começar em novembro, o governo enviará um projeto de lei que unifica o PIS (Programa de Integração Social) e a Cofins (Contribuição para o Financiamento de Seguridade Social). As demais fases incluem mudanças na aplicação do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e a criação de uma nova alíquota de Imposto de Renda para os mais ricos. Segundo o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o plano é votar a reforma até março do ano que vem. SAIBA MAIS!

Pão de Açúcar planeja novas lojas em 2020. Depois de dois anos sem abrir lojas, o GPA planeja inaugurar de cinco a sete novos pontos de venda com a marca Pão de Açúcar já no próximo ano. Também faz parte da estratégia do grupo acelerar o projeto de reforma de 17 lojas dentro de um novo modelo de varejo, baseado nos antigos armazéns de secos e molhados, mas com um grande número de serviços apoiados no uso de tecnologia digital. Atualmente, 26 lojas operam nesse formato – se a programação for cumprida, até o segundo trimestre de 2020 serão 63. SAIBA MAIS!

Cresce movimento em lojas de eletrônicos. De acordo com uma pesquisa da FX Analytics, que monitora consumo, o fluxo de clientes em lojas de produtos eletrônicos cresceu pelo terceiro mês consecutivo. Em 2019, número cresceu 18,3% em outubro em comparação ao mesmo período do ano passado. O estudo também destacou a categoria de moda – que avançou 8,2%. Por sua vez, os setores de material de construção e farmácias tiveram queda, de 3,3% e 5,4%, respectivamente. Itens infantis foram destaque de alta na comparação com setembro. SAIBA MAIS!

Black Friday deve movimentar R$ 3,67 bi. A previsão da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) é que a Black Friday deste ano, marcada para o próximo dia 29, movimente R$ 3,67 bilhões. Se a expectativa se concretizar, haverá um aumento de 10,5% em relação às vendas do ano passado, que somaram R$ 3,32 bilhões. Ainda segundo a CNC, a data já é a quinta mais importante do comércio varejista nacional, ficando atrás do Natal, Dia das Mães, Dia das Crianças e Dia dos Pais, respectivamente. SAIBA MAIS!

PIB cresce 0,1% no 3º trimestre. A economia brasileira cresceu 0,1% no 3º trimestre do ano em comparação com os 3 meses anteriores, apontou a FGV. Ainda segundo o Monitor do PIB da Fundação Getúlio Vargas, de todos os grandes setores analisados, apenas a indústria não apresentou crescimento. O consumo das famílias cresceu 1,9%, com destaque para o segmento de produtos duráveis, e já é responsável por quase dois terços do Produto Interno Bruto. O resultado oficial do PIB do 3º trimestre será divulgado pelo IBGE em dezembro. SAIBA MAIS!