fbpx

A tecnologia fiscal vem se tornando o braço direito do varejo quando falamos de soluções que automatizam processos, minimizam erros e impactam de forma positiva os resultados finais de uma empresa. Conhecer e investir nessas ferramentas é uma das melhores decisões que você pode tomar para o seu negócio. 

 

Existem muitos benefícios em poder contar com o auxílio de uma ferramenta tão potente e é exatamente sobre isso que falaremos a seguir. Afinal, se a tecnologia tem avançado tanto em diferentes setores, porque não, utilizá-las para o suporte no desenvolvimento de uma atividade tão complexa dentro da organização, que são as obrigações fiscais e tributárias. 

 

QUAIS SÃO AS OBRIGAÇÕES FISCAIS DO VAREJO

 

Antes de entender como a tecnologia fiscal pode transformar a rotina do seu negócio, é preciso conhecer quais são as obrigações tributárias e fiscais à que todo o varejo é submetido. 

 

Por se tratar de um segmento complexo, o varejo está sujeito ao pagamento de variados impostos. São eles: ICMS, IRPJ, CSLL, PIS, COFINS, INSS, entre outros. 

 

O que vai determinar quais deles serão aplicados, será o tipo de regime tributário que rege o seu negócio. Essa opção é feita no momento da abertura da empresa e pode ser alterada no decorrer do desenvolvimento da atividade, conforme o valor do lucro adquirido. 

 

Além de outras variáveis como tipo de produto e estado de compra e venda das mercadorias. Ou seja, são inúmeras questões que irão determinar quais impostos e seus valores. Mais um motivo para ter suporte da tecnologia adequada. 

 

A TECNOLOGIA FISCAL REDUZ O RISCO DE FALHAS HUMANAS

 

“Uma das maiores vantagens de usar a tecnologia fiscal é a redução de falhas cometidas por conta da intervenção humana. A Robotic Process Automation (RPA), ou Automação Robótica de Processo, está bastante evidência.

 

A tecnologia utiliza a Inteligência Artificial para automatizar e padronizar tarefas repetitivas. Por esse motivo, é muito usada na redução de custos e no aumento da produtividade — e os benefícios não param por aí. Afinal, a partir dos benefícios proporcionados, o capital humano pode ser destinado às atividades que necessitam de habilidades intelectuais, estratégicas e criativas.

 

Com robôs executando as tarefas que exigem a atenção e o esforço de tempo dos funcionários, as chances de elas serem feitas de forma equivocada são bem menores. Além disso, utilizar a automatização na empresa é uma forma de realizar atividades de forma mais prática, visto que os processos manuais são muito suscetíveis a erros.

 

Com a facilidade de manipular ações por meio da tecnologia, há a redução considerável no tempo da execução das atividades. Então, é possível cumprir tudo o que é preciso em um tempo menor.” – Fonte Auditto.

 

QUAL A MELHOR TECNOLOGIA FISCAL PARA O VAREJO

 

Quando falamos de tecnologia fiscal, estamos abrindo um leque de possibilidades com os mais variados softwares de gestão tributária para otimizar os processos da sua empresa. Mas por se tratar do varejo, sem dúvida nenhuma contar com ferramentas para cadastro de produtos e revisão tributária, sem dúvida, estão entre as escolhas mais inteligentes. 

 

Isso porque, ter um cadastro de produtos organizado, correto e constantemente revisado é o que vai garantir cálculos corretos de tributação para serem pagos aos órgãos fiscalizadores. 

 

CADASTRO DE PRODUTOS 

 

O cadastro de produtos corresponde a um processo para reunir as principais informações de um item ou produto que é colocado à venda. A partir desse registro, é possível gerar um código de barras único para esse item. Como o código de barras está presente na maioria dos produtos, principalmente no varejo, ele se torna vital para a operação e gestão de estoque e de vendas dos estabelecimentos comerciais.

 

Fazer o cadastro dos produtos é uma tarefa rotineira e obrigatória para quem compra e vende mercadorias. Para isso, alguns dados específicos do elemento devem ser informados, tal como o nome dos produtos, o tipo, o número individual pelo qual são identificados, custo unitário, preço de venda, nome de fornecedor e a classe a qual ele pertence, assim como a descrição geral (tamanho, peso, volume etc.).

 

Um ponto crucial desse processo é a correta tributação dos produtos, já que são muitos impostos ligados a um item. O PIS, COFINS, IPI e ICMS influenciam o resultado do seu negócio, razão pela qual a importância de se classificar corretamente todos os itens para o cálculo correto dos impostos.

 

Com todos esses dados reunidos em mãos, o monitoramento dos produtos se torna mais assertivo, resultando em uma melhoria de processos. Dessa forma, o departamento fiscal ou a contabilidade saberá exatamente quais os impostos que incidem sobre aquele produto comprado ou vendido, permitindo realizar a correta apuração de impostos. Sem isso, fica muito mais complicado saber o que se deve pagar e mesmo se está se pagando a mais. – Para mais dicas sobre o processo de cadastro de produtos CLIQUE AQUI. 

 

SOFTWARE DE REVISÃO TRIBUTÁRIA

 

Uma ferramenta de revisão tributária traz para a empresa muitos benefícios fiscais, estamos falando de definição correta dos valores dos impostos, recuperação dos mesmos e até no auxílio à gestão de estoque para otimizar suas vendas, como citado acima. 

 

Além disso, o uso da ferramenta também vai te alimentar com dados suficientes para que você consiga ter uma visão muito melhor no momento de comprar, e principalmente, de vender seus produtos, colaborando no momento de precificação da mercadoria. O que te quebra contribui para um equilíbrio saudável entre saída e entrada de receita.

 

Outras vantagens:

 

Redução de custos através da possibilidade de poder identificar, calcular, mensurar e diminuir os erros tributários. O que significa que se você está pagando o valor correto do imposto devido, não estará desperdiçando dinheiro e também não correrá o risco de ser autuado pelos órgãos fiscalizadores através de multas que impactam diretamente o financeiro do seu negócio.

 

Identificação de benefícios fiscais e possibilidade de recuperação de impostos. Tendo um processo contínuo de revisão tributária é possível ter uma visão clara do cenário fiscal e tributário da sua empresa e identificar possibilidades que tragam vantagens significativas para o caixa da sua empresa. 

 

Conheça alguns dos impostos que podem ser recuperados: 

 

  • Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI);
  • Programa de Integração Social (PIS);
  • Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS);
  • Substituição Tributária (ICMS-ST);
  • ICMS pago nas contas de Energia elétrica;
  • Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS);
  • Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS) sobre verbas indenizatórias;
  • Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ);
  • Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

 

A Alerta Fiscal é uma empresa especializada em softwares de cadastro de produto e revisão tributária. Além da tecnologia em si, também oferece aos varejistas todo o suporte de profissionais especializados na área tributária. Tudo para garantir o sucesso da sua empresa. 

 

Fale conosco para entender ainda mais sobre todas as vantagens de investir em tecnologia fiscal. Os benefícios são muitos e você verá que foi a melhor decisão em um curto espaço de tempo.

 

Por Atracto

 

Você também pode gostar do artigo CLASSIFICAÇÃO TRIBUTÁRIA: A IMPORTÂNCIA NO CADASTRO DE PRODUTOS