fbpx

Para quem faz parte do setor varejista, estar com o cadastro de produtos sempre atualizado é uma tarefa indispensável, isso porque, é a partir daí que a classificação tributária será feita e os valores de impostos determinados. 

 

Sabemos que muitas empresas erram no momento de preencher notas fiscais das mercadorias que comercializam ou não se atendam às informações passadas por seus fornecedores. Causando um efeito cascata que pode gerar muitos prejuízos tanto financeiro quanto fiscal. 

 

Sendo assim, esteja atento às informações que serão passadas a seguir e pare de cometer erros quando o assunto é a classificação tributária da sua empresa e dos itens que comercializa. 

 

Classificação tributária no Cadastro de Produtos

 

“São muitos os tributos, porém alguns estão ligados diretamente ao produto. O PIS, COFINS e ICMS influenciam o resultado do seu negócio, razão pela qual a importância de se classificar corretamente todos os itens para o cálculo correto dos impostos.

 

Com a NFe (Nota Fiscal Eletrônica) e o SPED, o fisco tem em mãos um mundo de informações e nem precisa ir até o seu estabelecimento para constatar a existência de algum passivo tributário. Constatamos que muitas empresas pagam errado o imposto e, por incrível que pareça, alguns pagam a maior. A questão é: como posso estar tranquilo de que estou pagando corretamente os impostos?

 

O único caminho é manter o seu cadastro de produtos atualizado.” – Fonte site Inforvarejo. 

 

ENTENDENDO O CADASTRO DE PRODUTOS

 

Nós disponibilizamos muitos artigos sobre o assunto em nosso blog, e para te ajudar a entender melhor a importância do assunto, vamos trazer aqui um compilado de forma a facilitar a familiarização com o tema. 

 

O QUE É CADASTRO DE PRODUTOS? 

 

O cadastro de produtos corresponde a um processo para reunir as principais informações de um item ou produto que é colocado à venda. A partir desse registro, é possível gerar um código de barras único para esse item. Como o código de barras está presente na maioria dos produtos, principalmente no varejo, ele se torna vital para a operação e gestão de estoque e de vendas dos estabelecimentos comerciais.

 

De certo modo, essa é uma grande plataforma com produtos de todos os segmentos. Cada um deles recebe, de acordo com suas necessidades e características, um código único de identificação.

 

O cadastro de produtos é a base de uma gestão organizacional, sobretudo no setor varejista, que tem um grande volume de movimentação de mercadorias e onde os produtos possuem dados que mudam constantemente, como: preço de custo, preço de venda e tributação.

 

COMO ELE INTERFERE NA CLASSIFICAÇÃO TRIBUTÁRIA? 

 

Fazer o cadastro dos produtos é uma tarefa rotineira e obrigatória para quem compra e vende mercadorias. Para isso, alguns dados específicos do item devem ser informados, tais como o nome dos produtos, o tipo, o número individual pelo qual são identificados, custo unitário, preço de venda, nome de fornecedor e a classe a qual ele pertence, assim como a descrição geral (tamanho, peso, volume etc.).

 

Um ponto crucial desse processo é a correta tributação dos produtos, já que são muitos impostos ligados a um item. O PIS, COFINS, IPI e ICMS influenciam o resultado do seu negócio, razão pela qual a importância de se classificar corretamente todos os itens para o cálculo correto dos impostos.

 

Com todos esses dados reunidos em mãos, o monitoramento dos produtos se torna mais assertivo, resultando em uma melhoria de processos. Dessa forma, o departamento fiscal ou a contabilidade saberá exatamente quais os impostos que incidem sobre aquele produto comprado ou vendido, permitindo realizar a correta apuração de impostos. Sem isso, fica muito mais complicado saber o que se deve pagar e mesmo se está se pagando a mais.

 

A IMPORTÂNCIA DA REVISÃO DE CADASTRO DE PRODUTOS

 

De forma bem direta a revisão tributária é a apuração mais detalhada possível de todos os impostos que a sua empresa precisa pagar. Além de garantir que você esteja em conformidade com os processos, também lhe dá um visão geral dos riscos que corre e das oportunidades que podem surgir dentro da realidade da sua empresa, além de ser a chave para o correto cadastro de produtos que seu varejo comercializa. 

 

A gente sabe que uma das maiores dificuldades dos comércios brasileiros está no preenchimento correto do cadastro de produtos e a identificação dos impostos a eles aplicados. E sabemos também que acompanhar as regras tributárias que sofrem constantes alterações e mudanças pode ser um tanto desafiador para você que já se preocupa com outras demandas do dia a dia. 

 

Por isso a importância da constante revisão do cadastro de produtos, mostrando que um dos seus principais benefícios é a tributação correta das mercadorias. 

 

Os tributos recorrentes são PIS, COFINS, IPI, IRPJ, CSLL e ICMS.

 

As legislações desses tributos abrangem benefícios como a isenção, base de cálculo reduzida, alíquota zero, antecipação tributária, e imunidade. No fechamento das apurações dos tributos quando devidamente se aplicam estes benefícios verifica-se considerável abatimento nos valores a pagar.

 

Outra vantagem é que estar em conformidade com a legislação evita fiscalizações do fisco federal e estadual, atualmente com a quantidade de declarações acessórias eletrônicas do sistema público de escrituração digital (SPED) a verificação do NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul)  se tornou mais ágil, assim como a percepção de registros errados. 

 

INVESTIR EM UMA REVISÃO DE CADASTROS TE AJUDA A NÃO ERRAR NA CLASSIFICAÇÃO TRIBUTÁRIA E MUITO MAIS

 

REDUÇÃO DE RISCOS 

 

Você já se beneficia com a possibilidade de poder identificar, calcular, mensurar e diminuir riscos na esfera tributária. Uma vez que o recolhimento de tributos obrigatórios, está, ou pelo menos deveria, no seu planejamento financeiro. Isso vai de encontro com a redução de prejuízos e da chance de penalidades fiscais.

 

IDENTIFICAÇÃO DE BENEFÍCIOS FISCAIS 

 

Ta aí uma palavra que gostamos de ler: benefícios! E eles existem, sim, e estão à sua disposição para serem utilizados. Mas você só conseguirá identificar os créditos fiscais aos quais tem direito se fizer uma revisão tributária eficiente em seu negócio. Não aproveitar essa vantagem, também significa perder dinheiro. 

 

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E DE PREÇOS 

 

O planejamento tributário permite que você tenha uma visão 360º da sua empresa e consiga identificar os pontos cegos que vão exigir mais dedicação. O uso da ferramenta também vai te alimentar com dados suficientes para que você consiga ter um panorama muito melhor no momento de comprar, e principalmente, de vender seus produtos, ajudando a precificar cada mercadoria. mantendo assim, um equilíbrio saudável entre saída e entrada de receita. 

 

Se quiser saber mais sobre o assunto leia também nossos artigos que foram referência neste texto. São eles:

 

CADASTRO DE PRODUTOS: FAÇA CERTO OU PERCA DINHEIRO!

REVISÃO DE CADASTRO TRIBUTÁRIO: O SEU SUCESSO EM JOGO!

AS VANTAGENS DE INVESTIR EM UM SOFTWARE DE REVISÃO TRIBUTÁRIA

 

 

Por Atracto

 

Você também pode gostar do artigo CADASTRO DE PRODUTOS: 6 DICAS PARA VOCÊ NÃO ERRAR MAIS!