fbpx

Engana-se quem pensa que investir em um cadastro de produtos é coisa só para grandes empresas, como por exemplo, supermercadistas. Qualquer organização que produz, armazena e vende mercadorias pode e deve contar com os benefícios de um cadastro de produtos eficiente para garantir uma boa gestão interna e tributação correta. 

 

Já é comprovado que pequenas e médias empresas possuem excelentes resultados a partir do momento da adoção dessa ferramenta indispensável para a estruturação das atividades desempenhadas. 

 

Por isso, se ainda existe alguma dúvida sobre o quão relevante é essa ferramenta em seu negócio, fique conosco até o final deste artigo para entender melhor do que estamos falando.

 

ENTENDENDO O QUE É CADASTRO DE PRODUTOS

 

Falando de uma maneira bem simples, o cadastro de produtos nada mais é que qualquer sistema com capacidade de armazenamento de informações detalhadas sobre os mais variados produtos comercializados em uma empresa, seja ela de pequeno, médio ou grande porte. 

 

De maneira geral, pode ser construído em uma planilha de computador ou até mesmo informações escritas à mão em um caderno.

 

Mas o que queremos te mostrar aqui é que quando falamos em sistemas de cadastro de produtos, estamos nos referindo a um software de gestão para empresas do setor varejista. 

Mesmo que essa empresa se esteja no perfil de PMEs. 

 

Não é porque seu negócio não se enquadra no patamar de um super varejista, por exemplo, que ele precisa trabalhar com recursos ultrapassados e que já não atendem as necessidades do mercado atual. 

 

Isso porque são exatamente todas as informações contidas no cadastro, e preenchidas corretamente, que irão garantir o pagamento correto dos tributos aplicados, mantendo seu negócio em dia junto ao fisco e Receita Federal. 

 

COMO FUNCIONA O CADASTRO DE PRODUTOS PARA PMEs?

 

Fazer o cadastro dos produtos é uma tarefa rotineira e obrigatória para quem compra e vende mercadorias e isso vale, também para as PMEs. 

 

Para isso, alguns dados específicos do produto devem ser informados, são eles nome, o tipo, o número individual pelo qual são identificados, custo unitário, preço de venda, nome de fornecedor e a classe a qual ele pertence, assim como a descrição geral (tamanho, peso, volume etc.).

 

Um ponto importante que vale ressaltar, resultado direto desse processo, é a correta tributação dos produtos, já que são muitos impostos ligados a um único item. 

 

Como por exemplo, PIS, COFINS, IPI e ICMS que influenciam o resultado do seu negócio, razão pela qual é importante classificar corretamente todas as mercadorias para o cálculo correto dos impostos.

 

Com todos esses dados reunidos em mãos, o monitoramento dos produtos se torna mais assertivo, resultando em uma melhoria de processos. Dessa forma, o departamento fiscal ou a contabilidade saberá exatamente quais os impostos que incidem sobre aquele produto comprado ou vendido, permitindo realizar a correta apuração de impostos. Sem isso, fica muito mais complicado saber o que se deve pagar e mesmo se o pagamento está sendo feito de forma correta.

 

Claro que quanto maior o número de produtos existentes no seu varejo, maior é a necessidade de organização. Entretanto, mesmo pequenos negócios podem ter um grande volume de movimentação de mercadorias. Assim, fazer o cadastro de produtos é uma tarefa que deve ser feita independentemente do tamanho do empreendimento.

 

Vale destacar que é preciso manter a relação atualizada, já que um estoque normalmente tem uma grande movimentação diária, com mercadorias entrando e saindo o tempo todo. Perder-se em meio à falta de informações é bem mais comum do que se imagina e como consequência, gera problemas e prejuízos aos empresários.

 

MAS POR QUE O CADASTRO DE PRODUTOS É TÃO IMPORTANTE PARA AS PMES? 

 

Além do agrupamento de todas as informações de um produto, mencionadas acima como nome, tipo, peso, etc. Existe um número de 8 dígitos estabelecido pelo governo brasileiro para identificar a natureza das mercadorias e sua respectiva classificação fiscal, conhecido como código NCM, registrado no cadastro de produtos que deverá constar na sua nota fiscal, tanto de compra, como de venda.

 

Preencher de forma correta a NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul) na nota fiscal é o que vai garantir que você evite multas e complicações com o fisco. E todos esses dados são corretamentes conseguidos a partir de um cadastro de produtos atualizados e revisados constantemente. 

 

A IMPORTÂNCIA DA REVISÃO DE CADASTRO DE PRODUTOS

 

“O principal benefício é a tributação correta, já que o NCM é o identificador para determinar qual serão os tributos que incidirão nas operações de entrada ou saída da empresa nestes itens. Os tributos recorrentes são PIS, COFINS, IPI, IRPJ, CSLL e ICMS.

 

As legislações desses tributos abrangem benefícios como a isenção, base de cálculo reduzida, alíquota zero, antecipação tributária, e imunidade. No fechamento das apurações dos tributos quando devidamente se aplicam estes benefícios verifica-se considerável abatimento nos valores a pagar.

 

Outra vantagem é que estar em conformidade com a legislação evita fiscalizações do fisco federal e estadual, atualmente com a quantidade de declarações acessórias eletrônicas do sistema público de escrituração digital (SPED) a verificação destes NCMs se tornou mais ágil, assim como a percepção se eles estão incorretos.

 

Se você não consegue acompanhar as novidades e mudanças – o que é totalmente compreensível, tenha em mente investir em quem pode fazer isso por você. 

 

Garantimos que custa menos do que levar uma multa. Além do que o fisco tem 5 anos para identificar erros e aplicar autuações… vale a pena se expor dessa maneira?

 

Não acredite que um cadastro correto irá se manter se não houver acompanhamento. Sabemos que é um trabalho exaustivo, por isso, invista em sua empresa.

 

Nesse desafio de fazer a revisão de cadastro de produtos reside uma boa oportunidade. Com uma atualização automatizada e acompanhamento preciso que só a Alerta Fiscal consegue fazer, sempre que houver alterações você elimina o risco pela raiz. Ou seja, além de produtividade e redução de custo, sua empresa estará segura.” – Saiba mais sobre a importância da revisão tributária CLICANDO AQUI, 

 

Se desejar saber mais sobre a ferramenta do cadastro de produtos e como pode integrar esse benefício à sua empresa, entre em contato com a Alerta Fiscal. Invista nos melhores softwares disponíveis para PMEs e conquiste o tão sonhado sucesso. 

 

Por Atracto

 

Você também pode gostar do artigo MITO OU VERDADE: PEQUENOS E MÉDIOS VAREJISTAS PRECISAM DE AUXÍLIO DE UMA CONSULTORIA FISCAL PARA EXPANDIR SEUS NEGÓCIOS?