fbpx

Se em um primeiro momento nos preocupávamos sobre o que seria do mundo durante a pandemia, mais de 3 meses depois mudamos o foco e a pergunta que não quer calar é o que o período pós-pandemia exigirá das empresas, entre elas, dos supermercados? 

 

Algumas mudanças de comportamentos já foram notadas e o movimento comercial exige que os empresários comecem um planejamento de médio e longo prazo para lidar com o “novo-normal” que começa a dar suas caras. 

 

É uma mudança de cenário que engloba todos os envolvidos na cadeia, desde os próprios empresários, passando por funcionários, fornecedores e clientes. Todos juntos aprendendo a lidar com essa nova maneira de fazer negócio.

 

PERÍODO PÓS-PANDEMIA E O USO DA TECNOLOGIA

 

E se tem uma lição que já aprendemos é que a tecnologia chegou no setor varejista para ficar. A obrigatoriedade do distanciamento social para o combate do novo coronavírus, levou supermercados e outros segmentos do comércio a se adaptarem tecnologicamente.

 

A forma de comprar mudou, assim como entregas, rotinas internas e tudo mais. Investir em e-commerce, sistema de delivery e atendimento online foram fundamentais para os negócios se manterem funcionando e vivos durante a crise. E serão imprescindíveis para dar sequência nos resultados positivos no período pós-pandemia também. 

 

Hoje as empresas podem contar com o suporte de ferramentas tecnológicas para todos os setores e processos comerciais que um supermercado exige, por exemplo. E quanto mais tecnologia puder ser agregada na rotina, melhor serão os resultados. Tenha ciência disso. 

 

CONHEÇA ALGO QUE FAZ TODA A DIFERENÇA PARA SUPERMERCADOS 

 

COMPRA E VENDA INTELIGENTE 

 

“Um dos processos que respaldam o bom funcionamento de um varejo é com certeza a compra e venda de mercadorias. Afinal, sem produtos para ofertar aos clientes, nenhum comércio sobrevive. 

 

E é nesse momento que observamos muita perda de dinheiro. Principalmente porque qualquer transação comercial, envolve, além dos custos dos insumos em si, valores ligados à tributação, como por exemplo o ICMS (Imposto aplicado sobre a circulação de produto). 

 

E aí que a tecnologia pode te auxiliar, hoje já existe uma ferramenta disponível para ajudar tanto o setor de compras, como o de vendas a ter uma visão geral de valores relacionado aos produtos, levando em conta as informações tributárias. 

 

O que auxilia na tomada de decisão do melhor lugar para compra e na definição de preço no momento da venda. Estamos falando da calculadora fiscal. 

 

A Alerta Fiscal desenvolveu uma ferramenta muito eficaz que vai te auxiliar em todo o processo de gestão fiscal e tributária e no planejamento para aumentar seu lucro mensalmente.

 

“A calculadora fiscal e tributária é utilizada para auxiliar a equipe de compras e ela tem dois pontos importantes: 

 

  • auxilia a realização das compras (baseado na carga tributária do produto, mostramos pra ele que nem sempre o menor preço é o melhor negócio);

 

  • formação de preço de venda (consideramos o imposto a pagar e a margem de lucro líquida que ele quer receber na venda do produto).

 

A calculadora fiscal leva até você uma segurança tributária e tranquilidade com seu patrimônio. Trazendo a certeza de que você está comprando acertadamente, uma vez que apontamos corretamente os impostos de cada produto.  

 

Já no momento da venda a ferramenta te mostra qual é o preço que deve ser aplicado de acordo com a tributação correta de cada produto e que garanta o lucro líquido real que você deseja.” – Trecho do artigo Tecnologia no Varejo: como a gestão inteligente te ajuda a lucrar mais. 

 

O que embasa ainda mais o que estamos falando até aqui é o resultado de uma pesquisa feita pela empresa Nielsen que aponta a mudança de hábitos dos consumidores e uma adequação da indústria e do varejo para atender esse novo perfil consumidor. 

 

Foram consultados 10.000 varejistas e o resultado obtido foi que:

 

– 67% declaram que aumentarão investimentos em canais e aplicativos online para os consumidores;

 

– 53% dizem que ajustarão o mix de produtos com a inclusão de mais itens de saúde e segurança;

 

– 43% afirmam que trabalharão nas suas cadeias de abastecimento. (Fonte SA.varejo)

 

Esses dados dão ainda mais clareza em relação à percepção de futuro que grande parte dos empresários já adquiriu, não é mesmo? 

 

O PERÍODO PÓS-PANDEMIA EXIGIRÁ UM NOVO COMPORTAMENTO NA GESTÃO DO SEU NEGÓCIO

 

Observamos que mesmo as empresas que estavam “preparadas” para enfrentar uma crise econômica, sofreram e ainda sofrem os impactos causados pelo Covid-19. E a balança é inversamente proporcional, quanto menor o índice de preparo, maior são os prejuízos contabilizados. 

 

Se antes, ter um gerenciamento empresarial de qualidade já era fundamental para manter uma empresa ativa, hoje percebemos que isso se faz cada vez mais necessário, assim como o contínuo aprimoramento nos métodos e utilização das ferramentas corretas.

 

Gerir um negócio é uma tarefa complexa e ampla, uma vez que precisa contemplar todos os setores ligados à empresa. 

 

Estamos falando de controle de estoques, folha de pagamento, recolhimento de impostos e tributos, entre outras demandas burocráticas. E além da existência das soluções em si é necessário ter pessoas especializadas para geri-las.

 

CONHEÇA ALGUNS PROCESSOS QUE PODEM TE AJUDAR

 

GESTÃO CONTÍNUA

 

Realização da gestão contínua da classificação fiscal de mercadorias para o varejo com levantamento das suas necessidades, desde o fechamento até a entrega.

 

SISTEMA INTELIGENTE

 

Segurança no cadastro com a classificação automática baseada na legislação atual e no código GTIN (EAN).

 

CLASSIFICAÇÃO DE PRODUTOS

 

Serviços de classificação de produtos para a correta emissão dos documentos fiscais (CUPOM FISCAL, NF-e e NFC-e) com cálculo correto de ICMS e ICMS-ST, eliminando possíveis multas e penalidades.

 

IDENTIFICAÇÃO DE CÓDIGOS

 

Identificação da NCM aplicável aos seus produtos e indicamos o código CEST correto e as alíquotas relativas ao IPI e ao Imposto sobre Importação, assegurando a sua constante atualização e a apuração de impostos.

 

MONITORAMENTO

 

Alíquotas e regras tributárias e monitoramento preciso de ICMS e ICMS-ST, IPI e PIS/COFINS

 

DIAGNÓSTICO PRECISO

 

ERP integrado com revisão de regras fiscais e apurações de impostos para validação de NF-e e NFC-e.” – Saiba mais clicando AQUI

 

O QUE PODEMOS CONCLUIR SOBRE O PERÍODO PÓS-PANDEMIA? 

 

Diante de todas as informações e especulações que surgem para o período pós-pandemia podemos tirar algumas conclusões de antemão válidas para supermercados e outros segmentos do varejo.

 

A primeira delas é que a tecnologia chegou para ficar e que muito provavelmente, notaremos um investimento cada vez maior para aprimorar técnicas e ferramentas para o uso do setor.

 

E que as empresas que desejarem permanecer na concorrência irão precisar incorporar esses recursos em suas rotinas. Caso contrário, ficarão para trás e perderão cada vez mais mercado. 

 

O segundo ponto é que investir na gestão contínua do negócio fará toda a diferença para alçar novos voos e conquistar patamares mais altos. Só uma gestão bem feita proporciona possibilidade de um planejamento eficaz e consequentemente aberturas para investimentos. 

 

Estes tendem a ser os dois grandes pilares das empresas dos “novos tempos”. 

 

Por Atracto


 

 

Você também pode gostar do artigo Inovação no varejo: 5 dicas para personalizar o seu negócio.