fbpx

O fato é que todas as crises, não importam quais sejam – nem suas proporções – sempre chegam carregadas de transformações. E com a COVID-19 não está sendo diferente, e a pergunta que fica é: o que o varejo vem aprendendo com o novo cenário global que estamos vivendo há pouco mais de um mês? 

 

Podemos dizer que muitas coisas, não é mesmo? Afinal, diante de tantas mudanças estamos precisando reinventar o jeito de fazer negócio. Olhar não só para o externo, mas principalmente para dentro da própria empresa, com o objetivo de entender como ela realmente funciona e criar alternativas para adaptá-la à nova realidade. 

 

Muito se especula sobre os rumos que a economia vai tomar após o Coronavírus, assim como o fim das medidas de isolamento social. Mas a realidade é que neste momento é impossível anteciparmos essas respostas. Toda a situação ainda é muito latente e é irreal prever muito além dos próximos dias. 

 

Acho que está aí a primeira lição: VIVA O HOJE E PLANEJE O AMANHÃ! 

 

Em momentos de grandes variáveis e incertezas o que está ao alcance de suas mãos é trabalhar um dia de cada vez. É aquele momento de fazer testes de condutas e posicionamentos hoje, para aí então realizar as alterações que serão necessárias amanhã. Não vai adiantar nada se desesperar querendo programar ações para daqui 15 dias ou um mês, porque não fazemos ideia de como a economia estará até lá. 

 

Exemplo prático: Você é um varejista, dono de um mercado. Sabe que é preciso reduzir o número de pessoas que circulam dentro do seu ponto físico correto? Hoje você pode testar um número X de pessoas por vez e analisar para decidir o amanhã: se será necessário diminuir ainda mais essa quantidade, ações sobre medidas de higiene, como intensificar a limpeza de alças de geladeira, possibilidade de um rodízio de funcionários para atendimento, etc. 

 

E isso vale para todas as outras etapas. É o momento de ter calma e frieza para trabalhar de acordo com a realidade do momento específico. Sempre despendendo um olhar analítico e responsável para a tomada de cada decisão. 

 

ESTAMOS TODOS CONECTADOS 

 

Essa ideia pode parecer um tanto piegas, mas garanto que você nunca sentiu tanto isso na pele como agora. Estamos todos conectados e todas as ações que tomamos ou que são tomadas por outras pessoas, possuem uma reação em cadeia, que uma hora vai respingar em nós e em nossos negócios.

E isso vai desde a rede de colaboradores, que é quem faz a roda girar, passando pelos consumidores e vai até países que estão do outro lado do globo terrestre. E aí, talvez ter isso tão latente e presente na sua realidade te faça pensar na adoção de medidas internas em sua empresa que tenham um intuito social, pensando genuinamente na coletividade. 

 

Quando você entende que o resultado de vendas, o lucro no final do mês e o sucesso do seu negócio estão diretamente ligados ao conjunto de ações internas e externas, você passa a dar mais valor para processos mais sustentáveis e humanos. 

 

O FUTURO DA INTERNET É AGORA 

 

O que quero dizer aqui é que bem provavelmente você já se deu conta de que seu negócio não pode mais se resumir ao ponto físico de vendas, não é mesmo? Estamos vivendo uma crise totalmente nova, e que por se tratar de uma ameaça biológica, tem como medida principal de contenção o isolamento e distanciamento social.

 

Logo, se você tem apenas uma empresa na esfera física sentiu drasticamente a queda de vendas e consequentemente um desespero e possíveis prejuízos. E esse impacto está te obrigando a olhar com mais carinho para novas perspectivas como a utilização da internet para fazer negócio. 

 

Primeiro que já é observada a mudança de comportamento de uma fatia dos consumidores que têm migrado cada vez mais para compras online e segundo que agora não estamos mais falando de perfil comportamental, e sim, de uma necessidade geral da população. Em um momento em que não se pode sair de casa, comprar através de aplicativos e lojas online se tornou a alternativa principal para a grande maioria dos clientes.

 

“Se o distanciamento físico é obrigatório neste momento, a hora é de aproveitarmos ao máximo tudo o que a internet pode nos fornecer. Existem infinitas possibilidades e com certeza alguma delas, vai casar com o seu negócio. 

 

E-commerce e vendas online

 

Se até o momento você só atendia seus clientes através de um ponto de venda físico, esse é o momento para investir em uma loja virtual. Em situações onde as pessoas não podem sair de suas casas para fazer compras, comprar pela internet será um recurso utilizado. 

 

Delivery

 

Incorporar o serviço de entrega também vai ajudar muito nesse momento. Mesmo que você ainda não tenha uma loja virtual, mas seja um microempresário, onde existe uma aproximação maior dos seus clientes, onde eles possam ligar para fazer seus pedidos, por exemplo, ter a opção de levar os produtos até eles, fará toda a diferença. 

 

Aposte nas redes sociais

Se você não tem o hábito de se comunicar através das redes sociais, esse é o período ideal para investir nesse trabalho. Elas serão as vitrines da sua empresa e mais um canal de contato com você. Aposte na produção de conteúdos atrativos, que informem e também vendam seus produtos. É por elas que você poderá divulgar os novos serviços oferecidos, como o e-commerce e delivery, promoções para desafogar estoque, informar sobre a chegada de produtos que estavam em falta, entre outras coisas.” – Fonte site Solutta

 

CONCORRENTES TAMBÉM PODEM SE AJUDAR 

 

Por muito tempo existiu a cultura de enxergar as empresas concorrentes como inimigas e ameaças reais ao sucesso da sua empresa. Mas como comentamos anteriormente, estamos todos conectados e já havia passado da hora dos empresários se olharem como parceiros e não mais como rivais.

 

Esse é momento ideal para unir forças através de ações coletivas que beneficiem todos. Que tal propor aos empresários vizinhos a criação de uma campanha de fidelidade para os consumidores locais ou descontos recorrentes nos estabelecimentos alheios oferecidos para determinadas compras? 

 

Existe ainda a possibilidade de parceria com fornecedores. Existem alguns produtores fazendo campanhas de consumo antecipado de produtos que serão revertidos tanto para o empresário, quanto para o próprio consumidor futuramente. Abra seus horizontes e veja como essas ações podem te beneficiar. 

 

PARA ENFRENTAR UMA CRISE É NECESSÁRIO QUE A CASA ESTEJA ARRUMADA 

 

Essa lição é a mais importante de todas. Se sua empresa não estiver internamente em ordem, nada do que foi dito anteriormente será possível e fará sentido. Como você vai olhar para fora, se dentro precisa ficar apagando incêndio, perdido, preocupado e sem noção alguma de segurança para dar os próximos passos?

 

E olha só, aqui também estamos falando do uso da tecnologia. Sim, pois ela será sua aliada, não só para lidar diretamente com seus clientes e aumentar o lucro do seu negócio, como também para organizar finanças, tributos e obrigações fiscais e tributárias. 

 

Como? Veja: 

 

“Para que tudo chegue perfeito aos pontos de vendas, sejam online ou físicos, existem inúmeros processos acontecendo nos bastidores que precisam estar funcionando da melhor maneira possível.

 

Estamos falando aqui de controle de estoques, folha de pagamento, recolhimento de impostos e tributos, entre outras demandas burocráticas. E além da existência das soluções em si é necessário ter pessoas especializadas para geri-las. Trabalho esse, realizado pela Alerta Fiscal. 

 

QUAIS SÃO OS SERVIÇOS E BENEFÍCIOS QUE VOCÊ PODE AGREGAR EM SEU NEGÓCIO? 

 

GESTÃO CONTÍNUA

 

Realização da gestão contínua da classificação fiscal de mercadorias para o varejo com levantamento das suas necessidades, desde o fechamento até a entrega.

 

SISTEMA INTELIGENTE

 

Segurança no cadastro com a classificação automática baseada na legislação atual e no código GTIN (EAN).

 

CLASSIFICAÇÃO DE PRODUTOS

 

Serviços de classificação de produtos para a correta emissão dos documentos fiscais (CUPOM FISCAL, NF-e e NFC-e) com cálculo correto de ICMS e ICMS-ST, eliminando possíveis multas e penalidades.

 

IDENTIFICAÇÃO DE CÓDIGOS

 

Identificação da NCM aplicável aos seus produtos e indicamos o código CEST correto e as alíquotas relativas ao IPI e ao Imposto sobre Importação, assegurando a sua constante atualização e a apuração de impostos.

 

MONITORAMENTO

 

Alíquotas e regras tributárias e monitoramento preciso de ICMS e ICMS-ST, IPI e PIS/COFINS

 

DIAGNÓSTICO PRECISO

 

ERP integrado com revisão de regras fiscais e apurações de impostos para validação de NF-e e NFC-e.” – Trecho do artigo TECNOLOGIA NO VAREJO: 5 DICAS PARA VENDER MAIS

 

O fato é que estamos ainda no meio dessa crise e cabe a nós aprendermos cada lição que ela vem ensinando, adequando tudo conforme a necessidade de execução. Precisamos ter a certeza que uma hora tudo o que estamos vivendo agora vai passar e levar para a próxima fase tudo o que for útil e puder agregar em nossas vidas. Evoluindo sempre, como pessoas e como empresários. 

 

Por Atracto


 

Você também pode gostar do artigo TECNOLOGIA NO VAREJO: COMO A GESTÃO INTELIGENTE TE AJUDA A LUCRAR MAIS